sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Porque preferir alimentos "sem glúten" ?


Porque é bom preferir alimentos "sem glúten" ?

Mesmo se você não tem doença celíaca, o glúten pode ser algo que vale a pena moderar na sua dieta, como sabemos a doença celíaca ocorre em pessoas que não conseguem digerir o glúten, causando dores, diarréia e microfissuras no intestino.

O glúten é uma mistura de gliadina e glutenina - as proteínas encontradas no trigo, cevada, centeio, cuscuz, mingau, semolina, e seus derivados, como o malte, o trigo e a cevada são responsáveis pela natureza elástica da massa de pão.

Para algumas pessoas, o glúten é facilmente digerível e não tem muito efeito em sua saúde.

No entanto, há número crescente de pessoas que são sensíveis ao glúten (digerem mal o glúten), os sintomas mais comuns são problemas de estômago, dores de cabeça, fadiga, dormência e depressão, o glúten mal digerido gera substâncias que afetam ou agem no sistema nervoso, como a gluteomorfina que apesar dos sintomas causa dependência afetando o humor, ou seja, a pessoa passa mal e ainda fica dependente de comer glúten.

Para saber se você tem a sensibilidade ao glúten faça um teste, escolha alimentos sem glúten, por um período de um mês, fique somente com massas, arroz integral, trigo sarraceno, milho e quinoa. Batatas também podem ajudar a preencher a lacuna livre de glúten.

O glúten também é encontrado escondido em:

De farinha de trigo, farinha branca, farinha de trigo, farelo, farinha de Durham, e germe de trigo, pães pão, pãezinhos, biscoitos, muffins, biscoitos, cereais que contenham trigo, gérmen de trigo, pastelaria, massa de pizza, massas, panquecas, bolos, biscoitos, casquinhas de sorvete, tortas, bolos preparados e misturas de biscoito, pudim de pão, etc. E também nas bebidas feitas com malte, cerveja, cerveja, gim e uísque.

Aveia é outra historia, apesar de serem considerada um grão de glúten, a aveia não contêm o "gliadina". O problema é que a aveia é geralmente tratada com as mesmas máquinas agrícolas, armazenada e moída nas mesmas instalações juntas como os grãos de glúten onde a contaminação pode ocorrer. Prefira aveia "pura" ou "sem glúten" é difícil mas tem.

A terapeuta Regina Racco, autora do livro "Glúten e Obesidade, a verdade que emagrece" (Editora RRacco), defende que "o glúten interfere no bom funcionamento do organismo, causando excesso de peso e gordura localizada - principalmente na região do abdome".

Alguns podem falar que moderar glúten é modismos de dieta, mas não é modismo e sim cuidado com a sua saúde, faça o teste fique sem glúten por um mês e veja se sente melhor, perceba se sente a dependência, e de quebra lógico emagreça, mas não esqueça...
“menor-porção-e-pequenas-garfadas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário